Ver o Jornal Integração (Versão Online):

Livraria Diocesana

Pastoral dos Coroinhas

Pastoral dos Coroinhas

Hotéis e Restaurantes da Cidade.

Links Recomendados:

Jornal Diário Regional

Regional Sul 3 CNBB

CNBB Nacional

VATICANO

Natal: a paz que desce do céu!

 

A antífona de entrada para a missa da noite do dia 24 de dezembro convida: “Alegremo-nos todos no Senhor: hoje nasceu o Salvador do mundo, desceu do céu a verdadeira paz”. O convite para se alegrar é feito a todas as pessoas de boa vontade que habitam o orbe terrestre. A razão é o nascimento do Salvador que traz consigo a certeza de que a paz há de reinar em todo mundo.

Na exortação apostólica sobre “a alegria do Evangelho” (n.2), o Papa Francisco  diz que “o grande risco do mundo atual, com sua múltipla e avassaladora oferta de consumo, é a tristeza individualista que brota do coração comodista e mesquinho”. Para fazer frente a isso, podemos nos deixar contagiar pela boa nova trazida pelos anjos na noite do Natal: “nasceu-vos hoje, na cidade de Davi, um Salvador, que é o Cristo Senhor” (Lc 2,11). O Papa afirma que o exemplo vem dos pobres: “Posso dizer que as alegrias mais belas e espontâneas, que vi ao longo da minha vida, são as alegrias de pessoas muito pobres que têm pouco a que se agarrar” (n. 7). É a genuína constatação de que, para ser feliz, a pessoa não precisa ter muitos bens. Basta estar em paz consigo, com as pessoas que nos rodeiam e com Deus.

Onde existe alegria também tende a reinar a paz. Por isso, a segunda grande notícia da noite do Natal é: “desceu do céu a verdadeira paz”.

Em meio a uma sociedade onde, sempre mais, as pessoas tendem a se fechar em seu mundo particular, a proposta da paz vem como grande luz “a iluminar a todos os que habitavam nas sombras da morte” (Is 9,1). Aqueles que se deixam iluminar pela luz tornam-se instrumentos de paz e oferecerão o perdão a aqueles que os magoaram. Estes irão constituir famílias que vivem em harmonia e comunidades onde se preza a fraternidade.

O Natal de 2014 é comemorado no início do Ano da Paz proposto pela CNBB. Com isso, ele pode servir para impulsionar ações em prol da paz a serem desenvolvidas ao longo de 2015. O convite é para que todas as comunidades e todas as pessoas se engajem na construção de uma sociedade menos individualista e mais fraterna, uma sociedade menos agressiva e mais compreensiva, menos discriminadora e mais inclusiva.

Faço votos de que as comemorações do presente Natal tragam alegria e paz aos lares e que renovem a esperança de um futuro mais harmonioso e feliz para todos. Que a mensagem de alegria e paz que os anjos revelaram aos pastores também se torne a grande mensagem desta noite em que comemoramos o nascimento do “príncipe da paz” numa pequena gruta de Belém, na Judéia. Um feliz Natal para todos!

Dom Canísio Klaus / Bispo Diocesano

  • Foto 1
  • Foto 2
  • Foto 3
  • Foto 4
  • Foto 5
  • Foto 6
  • Foto 7

 

Diocese de Santa Cruz do Sul - Rua Thomaz Flores, 675 - Santa Cruz do Sul/RS/Brasil - coordenacao@mitrascs.com.br