Ver o Jornal Integração (Versão Online):

Livraria Diocesana

Pastoral dos Coroinhas

Pastoral dos Coroinhas

Hotéis e Restaurantes da Cidade.

Links Recomendados:

Jornal Diário Regional

Regional Sul 3 CNBB

CNBB Nacional

VATICANO

Ordenação de diácono e jubileu de padres

 

Roque Schroeder ordenado diácono

 Por: Edemar Etges

Durante a missa programada para este domingo, 17, às 19h, na igreja matriz de Venâncio Aires, o ministro extraordinário da Eucaristia, da Palavra e da Esperança Roque Schroeder, será ordenado diácono permanente. Ele será o segundo leigo da Paróquia São Sebastião Mártir a assumir  esta missão. O primeiro foi Willibaldo Lenz, em 1965, e este também foi o primeiro da Diocese de Santa Cruz do Sul. A ordenação de Schroeder encerrará a programação alusiva à Semana Nacional da Família.

“É um grande desafio e compromisso a serviço da Igreja Católica em Venâncio Aires”, afirma  Schroeder, ao falar sobre a missão de diácono permanente. “Para mim, ser diácono permanente é algo novo, e minha responsabilidade é atuar em unidade com a paróquia, com o pároco João Alberto Konzen, e os padres Marcelo Carlesso, que é meu orientador diaconal e cerimonial, e Fabrício Niederle. Com meu sim a Deus e à vocação diaconal, se renova o ministério da ordem na paróquia.”

Para assumir a nova missão, Schroeder conta com o apoio de sua família que, segundo ele, é a base para esta caminhada e para todas as vocações na Igreja Católica. “Sempre tive o apoio da esposa Marilene, das minhas filhas Lisandra e Lisiane, e dos netos Gabriel e Murilo que foram compreensivos quando me ausentei para fazer a formação”, frisa. “No Ministério Diaconal como casado, pai de família e avô, tem que ter amor a Deus, coragem e perseverança neste tempo em que vivemos de tantas diversidades e opções, a gente se doar para o serviço do Reino de Deus e testemunhar no dia a dia a nossa vida de oração, de fé e caridade.”

Primeiro grau do sacramento da Ordem

Na opinião de Dom Canísio Klaus, bispo diocesano de Santa Cruz do Sul, a missão e objetivo da Igreja de ordenar diáconos permanentes na diocese ocorre porque é o primeiro grau do sacramento da Ordem. O ordenado tem uma missão muito própria e objetiva para exercer este ministério na Igreja, na função do sacramento do batismo, auxiliar nas celebrações, na pregação da palavra de Deus, nos funerais, exéquias, entre outras atribuições. “Uma das funções também é o serviço da caridade”, acentua.

Dom Canísio reitera que o diácono permanente hoje, tem uma função muito próxima ao padre e ao bispo, porque o primeiro grau no sacramento da Ordem é o diaconato, seguindo-se o presbiterato e o episcopado. “É uma tríplice função no mesmo sacramento. Será uma bênção para a cidade e para a paróquia. Ele será diácono propriamente para esta paróquia, porém, poderá atender na diocese, assim como um padre que está locado para a paróquia local, pode exercer o ministério em outra, sempre em concordância com o pároco local”, observa.

“É o enriquecimento dos ministérios, dons e talentos do povo de Deus a serviço da Igreja”, observa o pároco João Alberto Konzen. Ele acentua que dentro do sacramento da Ordem são três degraus: o diaconato, que pode ser permanente ou transitório, o presbiterato e o episcopado. “Biblicamente, o diácono é aquele que exerce a caridade.”

A ordenação de um diácono permanente, continua o padre Beto, dentro do presbitério, é um enriquecimento a mais, pois serão três padres da paróquia, mais o Roque Schroeder. “A missão é bem-vinda na Igreja de Venâncio Aires, pois após 40 anos desta missão iniciada por Willibaldo Lenz, estamos ordenando mais um diácono permanente”, salienta.

Padres celebram Jubileu

No dia 4 de agosto, Dia do Padre, os padres da Diocese de Santa Cruz do Sul se reuniram na sede da Associação dos Padres Diocesanos de Santa Cruz do Sul para celebrar o jubileu de sete colegas. Foram celebrados os jubileus dos padres de 50 anos de vida sacerdotal dos padres:

- Álvaro Aloisio Lenhardt – ordenado no dia 04 de julho de 1964;

- José Alfredo Lenz – ordenado no dia 11 de julho de 1964;

- Marino Bohn – ordenado no dia 10 de julho de 1964;

- Frei Evaldo Teipel – ordenado no dia 19 de julho de 1964.

Também foram celebrados os jubileus de 25 anos de ordenação dos padres:

- Darci Garibaldi Grasel – ordenado no dia 29 de dezembro de 1989;

- José Renato Back – ordenado no dia 08 de dezembro de 1989;

- Eelutério Orsolin – ordenado no dia 07 de dezembro de 1989.

Cada padre, além de ter celebrado com os colegas no Dia do Padre, também celebra em sua comunidade em momento oportuno.

Durante a celebração, cada um dos jubilandos, teve a oportunidade de dar um depoimento para os colegas, em missa presidida por Dom Canísio Klaus e Dom Sinésio Bohn.

  • Foto 1
  • Foto 2
  • Foto 3
  • Foto 4
  • Foto 5
  • Foto 6

 

Diocese de Santa Cruz do Sul - Rua Thomaz Flores, 675 - Santa Cruz do Sul/RS/Brasil - coordenacao@mitrascs.com.br